- Anna Rita Pereira Magalhães ' « »

A minha foto
Covilhã, Castelo Branco / Solteira, Portugal
- Exprimo tudo o que sinto para um papel , nas aulas , na rua ... começo a escrever ou apenas a pensar no próximo texto , é uma aventura escrever ... principalmente quando se gosta (;

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

AMO-TE @

O amor , o primeiro amor : nasce , cresce , volta a crescer e a cada dia que passa cresce ainda mais e mais , que chega a altura de querer atirar fora este amor e não dá , porque o amor é demasiado .
Fizémos juras de amor eterno , de fidelidade , de projectos em conjunto no futuro , de momentos escaldantes no presente e no futuro , prometemos de tudo ... mas , EU estraguei tudo e ... TU estragaste tudo , tivémos ambos a culpa , e por causa do nosso orgulho , das palavras que se tornaram feridas impossivéis de sarar , das desconfianças constantes e dos ciúmes em abundância .
- "Os opostos atraem-se" : não é totalmente mentira , porque nós nos atraímos , mas os opostos não são feitos um para o outro .
«- Quando tivermos filhos , quero que se chamem Rodrigo ou João» - TU .
Eu gosto tanto de ti , que para ficar contigo era capaz de esquecer tudo , as nossas desavenças , discussões , mágoas , TUDOOO ... para poder voltar a sentir o cheiro do teu perfume , o sabor da tua boca , o toque da tua mão , o olhar intenso e atrevido que me lançavas , as palavras meigas que me confortavam e me acalmavam , das tuas mãos a passarem pelo meu corpo , do teu cabelo tão perfeito e descontraído tocar-me na cara , e queria voltar a todas as visitas de estudo do 9º ano , dos teus atrevimentos no autocarro , das conversas que mantínhamos , da nossa intimidade , mas acima de tudo de quando me dizias «AMO-TE» . Escrevo isto com muitas lágrimas na cara de saudade , pois a saudade aperta , a saudade de te ter nos meus braços ... em vez de andar para aí a dizer que já te esqueci e que permaneces no passado .
A todos os minutos , chamo-te tanta coisa que enchia várias páginas só com essas palavras , mas na verdade eu nem sempre acho isso de ti , pois tu és perfeito ( e sim , à pessoas perfeitas) , perfeito , PERFEITO ! @


sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Não ter mais nada ...

. Já nada agora faz sentido , agora desabou tudo , mesmo tudo ... e encontro-me lá bem no fundo !! :cc

                                               

Sinto saudades de ...

Tenho saudades de ti . Saudades dos nossos momentos (...) Saudades daqueles momentos bons , mas dos maus também . Tenho saudades das nossas conversas sem pé nem cabeça , tenho saudades das nossas discussões . Tenho saudades do teu sorriso quando falavas algo engraçado , da tua cara de ódio quando mesmo sem querer eu te irritava , tenho saudades de sermos tão diferentes :c


Tenho saudades do nosso amor intenso , único e todo errado , das nossas manhãs , tardes , noites . Tenho saudades do teu ciúme com fundamento e dos sem fundamento . Sinto saudades dos teus medos e da maneira que eu cuidava deles . Tenho saudades da maneira como tu te preocupavas comigo , saudades da tua fraqueza que me dava força para ser forte . Sinto a maior das saudades do nosso primeiro e do último beijo .

Desfruto saudades da nossa vida tão igual e tão desigual . Possuo saudades de quando tu aparecias do nada e me fazias sorrir pelo simples facto de estares ali . Sofro saudades do teu amor intenso , da maneira que tu dizias «eu amo-te» deixando um brilho nos meus olhos . Saudades das tuas mãos sobre as minhas , da minha boca na tua. Contenho saudades dos meus braços à procura dos teus e dos teus braços à procura dos meus .

Tenho saudades dos planos que fizemos , dos nossos sonhos impossíveis que na nossa vida tentámos juntos construir . Tenho saudades de tudo que se realizou e de tudo que não se realizou . Os nossos telefonemas antes de dormir, as nossas palavras doces, as nossas palavras duras e a nossa vontade de estarmos juntos .


Tenho saudades de ti ao meu lado , tenho saudades da tua presença em mim , mesmo na tua ausência . Tenho saudades de ti fazendo-me chorar e eu fazendo-te sofrer . Tenho saudades de tudo o que vivemos e do que não conseguimos viver . Tenho saudades da tua maneira de não saber me amar que me fazia sentir a mulher mais amada do Mundo. Tenho saudades da nossa dependência um do outro , da nossa forma de esquecer o mundo quando estávamos juntos . Sinto saudades da nossa maneira simples de ver a vida . Vida que , até agora , não foi nada simples.

Tenho saudades de ser só tua , só tua . De te pertencer inteiramente , fazendo parte da tua vida , saber o que estavas a fazer e com quem estavas a fazer . Tenho saudades da nossa história , a mais estranha que alguém já escreveu . Tenho saudades do que contamos um para o outro , dos segredos que temos , que escondemos . Saudades do meu aniversário , do teu aniversário . Tenho saudades do nosso namoro escondido , onde só éramos eu e tu. Tenho saudades do nosso amor , das nossas juras , das nossas promessas , dos nossos encontros e dos nossos desencontros.


Tenho saudades de dizer «amo-te para sempre» . Tenho saudades de ouvir «amo-te para sempre» . Tenho saudades de estar contigo , simplesmente por estar . Tenho saudades da tua amizade , da tua força e da tua confiança em mim , em nós . Tenho saudades da tua voz , do teu carinho , da tua paixão
 , do teu desejo , das tuas loucuras , da tua inteligência , do teu talento . Saudades de ti quando estavas comigo . Saudades de mim quando estava contigo . Saudades do nosso casamento que ainda não aconteceu , pois ainda é demasiado cedo . Saudades dos filhos que ainda não tivemos . Saudades da cama que poderemos já ter dividido (só nosso) . Saudades do futuro que não vivemos . Saudades de ti .

Mas o que mais dói de toda esta saudade é saber que de tudo que eu sinto saudades está destinado para outro alguém . Outro alguém que já odeio antes de existir , outro alguém que não terá a mesma saudade que eu sinto , porque não serei eu . Como dizia o poeta «em algum lugar deve existir , uma espécie de bazar , onde os sonhos extraviados vão parar» . Acho que os nossos sonhos e planos se extraviaram e foram parar a nenhum lugar , mas na minha mente , nela pararam e não me deixam seguir em frente nem viver , não me deixam sentir saudades de outro alguém . E é por isso que vivo sentindo saudades . Saudades de mim , de ti , saudades de nós ...

                                       





Quem me segue ?